Quando as coisas não saem como previsto...

Tem dias que parece que nem deveríamos sair da cama! Acho hoje é um dia desses.

Levantei e fui preparar meu café da manhã para a corrida... Café da manhã pronto, fui colocar a roupa da prova! Peguei a camiseta que veio no kit, coloco na cabeça e me pergunto: "Que babylook é essa??? Jesus!! Acho que não serve nem pra minha filha de 11 anos! No mínimo fizeram P infantil! Detalhe: Fui com ela mesmo...

Aí, a bonitona vai tirar o carro da garagem: Crash!!!!!!!!!! Bate no pilar ...Nem desci do carro para ver o estrago.. Fui embora... olhar só ia me deixar mais nervosa e não ia poder resolver nada naquele momento.

No meio do caminho, decido olhar no celular e verificar onde seria a largada da prova (não tinha visto todos os detalhes)... E não é que para minha surpresa, vejo que a corrida que eu tinha certeza que largaria as 8, na verdade largava as 7:30!!! Como assim?????????? Não podia ser verdade... Já era 7:10 no meu relógio... E ainda tinha que pegar a porcaria do chip!

Voei na marginal Pinheiros e para piorar todas as ruas que eu tentava entrar estavam fechadas... NÃOOOO .. Isso não estava acontecendo... Mas estava sim =(

Larguei o carro numa ruazinha e fui correndo até a concentração da prova. Vários corredores chegando também. Olha, confesso que fiquei na dúvida se estava louca o suficiente ou se realmente ele mudaram o horário da largada!! 

Eu juro que tinha visto as 8hs... inclusive até estranhei, pois fazia tempo que não corria uma prova nesse horário.

Vamos abrir um parênteses aqui: Quando cheguei em casa fui verificar ser realmente estava tão caduca e olha o que eu vejo no site:



Aí você fala! Como uma organização pode fazer isso? Mudar as regras do jogo em cima da hora? E eu tenho certeza que muita gente deve ter se dado mal. A largada estava muito vazia!

Enfim... Episódio passado. 

Largamos as 7:30 (com toda a correria, ainda consegui largar lá no fundão e até tirei uma foto antes da largada... que progresso para esse dia..rs) e fui embora. 


O Sol estava demais! Aliás, era um sol para cada atleta!!! Para mim acho que tinham dois :p

Tentei não pensar em todos os imprevistos acontecidos e fui no meu ritmo. Estava indo bem até o km 4 ou 5, quando de repente comecei a sentir um mal estar muito grande. Muita vontade de "chamar o Juka" kkkkkkkkk

Minha boca salivava demais e a teimosa continuava correndo. As pessoas começaram a me ultrapassar com mais facilidade até que decidi caminhar. Nesse momento eu deveria estar entre o quilômetro 6 ou 7. Ainda faltava mais da metade da prova.

Olhei para o lado e pensei: "Vou voltar, impossível correr assim!! "

Mas eu sou orgulhosa pra cacete! Confesso! Eu nunca desisti de correr, mesmo que morrendo, me arrastando... fui... caminhando, caminhando, caminhando.

Tive a impressão que o mal estar estava passando e voltei a correr. Tudo começava a chacoalhar no estômago: "Maldito crepe de banana" kkkkkkkkkk

Quando chegamos no portão da Politécnica eu desacreditei que teríamos que correr nela .... Buaááááááá !! Eu odeio correr naquela avenida... O-DE-IO!!!!

E naquele calor insuportável!!! Me senti no deserto do Saara.... hahahahaha

Ai gente, vocês devem estar achando que estou fazendo corpo mole, mas eu estava "malzaça"!!! Comecei a caminhar e apareceu um cara do meu lado para me motivar a voltar a correr... eu olhei pra ele e disse que não estava muito bem..

Por vários quilômetros alternava entre caminhadas e trotes.

Quando enfim voltamos para a USP dei graças a Deus... Faltava pouco mais de 2 quilômetros para acabar aquela tortura. Sim... Era assim que estava me sentindo: Torturada! 

Que situação triste!

Faltando pouco menos de 1km fiquei do lado de um casal onde o rapaz estava "super incentivando" a namorada, noiva, amiga.. sei lá... a parceira... Tão fofo... aquilo me motivou um pouco e tentei seguir!

Fechei a prova ... Bem desanimada... Não me lembro de ter feito uma prova com tanto desanimo... Não sei se o mal estar foi por conta dos imprevistos que aconteceram antes da largada ... sei lá!

De qualquer forma a medalha está aqui!


No momento que a recebi, confesso que senti que não a merecia... Mas agora que já estou em casa, estou orgulhosa de ter recebido ela sim!!! 

Corri muito com a razão para não desistir... E foram inúmeros momentos que pensei em parar de correr... Mas concluí, mesmo passando mal! Nestes momentos é que vejo que eu e a corrida somos inseparáveis.. "Na alegria e na tristeza forever" kkkkkkkk

Nada mais justo de me orgulhar de mais 10 milhas na minha "carreira corrística" =)

Eu que pretendia completar em 1h33m acabei aumentando em 10 minutos: 1h43m.

Acontece... um dia é da caça e outro é do caçador, ou melhor, do corredor.. hehehehe

Bola pra frente que novos desafios estão por vir!!!!

BONS TREINOS!!!



3 comentários

  1. Parabéns por ter concluído a prova, 10 milhas nessa lua e com tantos imprevistos ... vc foi guerreira. Medalha linda, viu?

    Aqui no RJ também não foi diferente, um sol para cara corredor. Meu domingo foi off, mas o sábado foi dia de longão e eu fritei!

    ResponderExcluir
  2. Como não merecia Jacke? Mereceu sim com todos os méritos e com toda a justiça.
    Passar por tudo que passou e ainda concliu a prova? Foi lindo.
    Saiba que situações assim dão um gás tremendo e na próxima oportuidade você vai dar o "troco", no bom sentido rsrsrs.

    Meus parabéns e segue firme. CAMPEÃ

    Corridas do Luizz

    ResponderExcluir
  3. Corri a Meia de Belo Horizonte na mesma situação que você. Completamente desanimada. Mas também tenho o meu orgulho e não desisto. Passo muita raiva quando corro sem vontade e alegria. Parece que o sol tem perseguido os corredores. Parabéns por mais uma. É por isso que não deixo de te acompanhar. Beijos.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Será um grande prazer ler seu comentário!