Track Field Run Series - Guarujá

Tudo indicava quer seria mais um recorde pessoal. Acordei descansada para enfrentar os 6km da Track & Field Run Series do Guarujá.

O calor já estava forte antes das 7horas da manhã. Seguimos para a largada eu, a amiga Rosana e o técnico Wanderlei Oliveira.

Um quilômetro de trote leve até a largada e já chegamos encharcados. O calor estava intenso.

Pegamos o chip com tranquilidade e tínhamos tempo de sobra para  o alongamento e aquecimento. Eu como sempre, não quis ficar me aquecendo. Quis me poupar por causa do calor insuportável.

A largada aconteceu as 7h30m sem nenhum atraso. Rua estreita, mas pouca gente na prova. Compatível.

Fiz o máximo para manter um ritmo equilibrado. Minha meta era fechar os 6km num pace de 5'10''. No fundo queria fechar os 6km em 30 minutos (5'/km).

Mas a decepção aconteceu logo no primeiro quilômetro. Quando vi a marcação de 1km, meu relógio já marcava quase 2.

Na hora pensei que a organização havia errado e com o passar dos metros tudo ia ser regularizado. Mas que nada. No 2ºkm meu gps aferia 3km e assim sucessivamente. Quando cheguei no 5º (da organização), meu relógio dizia que faltavam poucos metros para completar 6km. 

O calor da praia estava insuportável. Desanimei total, pois fui preparada psicologicamente para correr os 6. Óbvio que meu corpo aguenta muito mais, mas a cabeça comanda o que nos foi preparado.

Confesso que desanimei. Meu ritmo que estava bom caiu... Por conta do calor forte e pelo psicológico também.

Mesmo assim fechei em 35'28''. Se considerar o meu gps (6.840m), quase atingi o objetivo, com um pace de 5'11''. E assim fiquei em 5º lugar na minha faixa etária.

Pouco a pouco estou conseguindo melhorar meu ritmo... E fico bem feliz por isso.

Claro que nada vem de graça. É preciso muita disciplina, determinação, render-se aos treinos de madrugada... Não tem outra escolha. 

E tudo isso me faz muito bem. Estou longe de ser uma super corredora. Faço o que está dentro das minhas condições físicas, psicológicas, além de tentar fazer isso caber dentro da minha rotina de mãe de 3, trabalho, casa... A meta é nunca parar ... Quero continuar assim. Melhorando a cada dia e correr até quando Deus permitir!

Que venham as outras!


Eu a a querida Rosana Brambilla


Após os 6km, ops, 7km

Técnico Wanderlei

Eu e minha amiga do coração [[L]] - Sayuri

BONS TREINOS!

3 comentários

  1. Jacke, parabéns pela prova. Entendo quando a mente da gente nos prega estas peças. Fica difícil contornar quando se está no meio da situação. Achei seu resultado excelente. Prova disso foi a sua colocação. Parabéns!!!
    beijos
    Helena
    Blog Correndo de bem com a vida
    @Correndodebem

    ResponderExcluir
  2. Ah, eu também fiquei desanimado com a km...
    E é sacanagem com quem está começando a correr, que ainda não tem noção das distâncias, desanima total!!

    ResponderExcluir
  3. Achei um absurdo esse erro !! E pior é que a organização da prova em nenhum minuto falou com ninguém e quando postaram nossos resultados foi em cima de 6 KM!!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Será um grande prazer ler seu comentário!