1/2 Maratona de Santiago

Depois de quase 9 anos correndo, a "Pangarezinha" teve oportunidade de participar de sua primeira prova fora do Brasil.

Domingo (06.04) corri minha 10ª Meia Maratona em Santiago - Chile.

Medalha - Meia Maratona de Santiago

Por conta de logística, custos e férias só pude chegar no Chile um dia antes da prova. Chegamos em Santiago, juntamente com outros colegas corredores por volta das 11hs da manhã no sábado.

A recepção não poderia ser melhor... Poucos minutos antes do pouso tivemos essa linda visão das Cordilheiras dos Andes:

Cordilheira dos Andes - Chile
Chegando em Santiago, deixamos as coisas no hotel e fomos em busca de algum lugar para comer. 
O almoço foi no Mercado Central. Como era véspera de prova sabia que não era uma boa ideia experimentar nada novo, então optei por algo "tradicional". Decidi por um "bife à cavalo"... Muita proteína na veia [[:p]] .

Mercado Central

Almoço Mercado CentralCordilheira dos Andes - Chile



"Barriga cheia" e fomos retirar o kit para a prova. Toda a trajetória foi feita a pé. A escolha do hotel em que fiquei hospedada foi decidida propositalmente próximo a concentração da prova. E por sorte foi uma escolha muito certeira, pois praticamente todos os passeios que fiz pude fazer caminhando. 

A retirada do kit foi muito tranquila. A exposição estava muito bacana, contando com muitas novidades de roupas, tecnologia e suplementos. 


Mestre Wanderlei Oliveira
Kits nas mão, hora de descansar. Cheguei no hotel e simplesmente apaguei. O que era para ser um pequeno cochilinho, foi um "apagão". Acho que dormi das 16hs até às 21horas!!! [[:O :]

Levantei, comi alguma coisa e voltei para a cama. Só acordei no dia seguinte, pronta para correr!

A largada dos 21km estava marcada somente para as 8:45. Fiquei preocupada com o horário, pois no Brasil um horário como esse é terrível por conta do calor. Mas no Chile foi até bom. Fazia muito frio, cerca de 8º. Diga-se de passagem, para mim é uma temperatura perfeita para correr!

Como não consigo correr de blusa fui "peladita" e tentei me aquecer com trotinhos até começar a prova.

Minha pulseirinha "da sorte"

Lista para los 21k!


Amigos queridos! Muita risada com vocês!
Aquecimento antes da largada

Concentração dos corredores dos 10km

Concentração antes da largada
Não consegui largar muito na frente... Havia muitaaaaaaaaa gente! Pessoal animado... Feliz. Aliás, tenho que dizer, os chilenos são muitíssimos simpáticos. 

Minha planilha pedia um ritmo de 5'13''/km. Sabia que isso seria impossível já que no último mês relaxei "federalmente" nos treinos ("Sorry sargento WO"). Na largada perguntei para o técnico: "E aí? Qual a meta (já que sabia que não ia rolar o tempo da planilha"). Ele disse: " 1'55''.... Pensou mais um pouco e disse: 1'56'' e estará ótimo".

Foi dada a largada e consegui passar pelo pórtico de "partida" após 6 minutos de prova. Comecei a correr desviando de muita gente. Olhava para o relógio todo o tempo para tentar fixar o ritmo. A ideia era manter um pace abaixo de 5'30''/km.

Demorei para conseguir "encaixar" a corrida. Comecei a me cobrar muito. Lembrava da minha última Meia Maratona que foi a Golden Four de São Paulo em agosto do ano passado. Naquele dia fazia muito frio como no Chile o que me ajudou a bater meu recorde nos 21k. Minha cabeça girava com as contas que eu fazia a cada quilômetro, até que decidi: "dane-se o tempo. Poxa, estou aqui no Chile para curtir e se conseguir baixar meu tempo será lucro."

Mas a cobrança interior continuava. Tentei mudar o foco dos pensamentos... Comecei a observar os corredores ali presente. Quanta gente!!! E o público assistindo a prova! Sensacional! Várias pessoas segurando cartazes... Motivando todos os corredores! O tempo todo você escutava: "Vamos campeones!!!" "Animo"... "Fuerza"... Não tinha como desistir!





Os quilômetros avançavam e um filme foi passando em minha cabeça... Lembrei da minha primeira prova de 10k! Comecei a pensar no meu "triozinho"... Estava difícil segurar a emoção. Com isso fui perdendo o ar. Fiquei com um nó na garganta e perdi o fôlego. Precisei caminhar!!! 

Sim, andei alguns metros nesta meia maratona. Olhei para o relógio e lá veio "a culpa". Que saco viu [[:( ]] Pensava como: "Quebrei... Quem nunca quebrou numa prova oras bolas".

O ar voltou... e com ele voltou a vontade de dar o meu melhor... Acelerei... e logo vieram ok 5 últimos quilômetros. E o melhor, os últimos 5km de DESCIDA.. iupiiiiiiiii!

Até então eu não tinha dado conta que estava subindo... o percurso engana, pois os primeiros 15 quilômetros são de uma subida suave, que a gente só se dá conta depois que começamos a descer [[:O]]

Olhei para o relógio e pensei... Uau: "Vou conseguir fechar o mesmo tempo da minha última Meia Maratona". Me empolguei...

A cada quilômetro ia aumentando a velocidade. Minha cabeça era uma verdadeira calculadora ambulante. Fazia conta o tempo todo para tentar fazer o melhor tempo possível.

Quando avistei a placa do km 20 fique ultra feliz, pois estava tão perdida que eu achei que ainda estava no 19. Foi então que pensei: "Agora é um treino: tiro de 1000m". Dei um super sprint... 4''37''/km. Acho que nem num treino fiz esse tempo, hehehehe.

Quando vi o pórtico de chegada pensei: "Sucesso, vou conseguir fechar em 1'55''.  Mas claro, a ambição falou mais alto e pensei... Só alguns metros.. Vou me matar agora, quer ser sub 1'55''!! E foi então que consegui, mas um recorde pessoal!!! 1h54m49s (resultado oficial).

4 minutos a menos comparado com minha última meia maratona!!! Para quem corre sabe o quanto é difícil baixar 1 minuto que seja!
Tempo final FELIZ [[:)]]



Amiga Japinha - Valeu "mulér"




Um ponto muitíssimo bacana que eu achei foi a entrega das medalhas... Nada de entregar a medalha enroladinha dentro de um saquinho... Lá os staffs entregam diretamente no pescoço de cada corredor! Achei isso o máximo!! Nos dá orgulho em ter corrido!!!

O que posso dizer dessa prova?  Valeu a pena cada quilômetro, cada metro percorrido. Claro que bater mais um recorde pessoal foi um "super lucro" para mim. 

Como disse anteriormente os chilenos são muito receptivos, atenciosos e simpáticos. A cidade de Santiago é uma graça. Num post oportuno falarei um pouco sobre os custos e o que aproveitar sobre uma corrida fora do Brasil (por enquanto só posso dizer sobre o Chile né [[:p]]).


Essa medalha eu dedico especialmente aos meus três Batutinhas: Clara, Pedro e Lucas [[L:]], amor incondicional!!!

Também não posso deixar de agradecer meu querido técnico (sargentão) WO, por toda paciência, dedicação e carinho! Com certeza ele é responsável por cada melhora que tenho tido nos últimos meses!

Obrigada também a todos amigos que sempre torceram por mim... Aqueles que sempre me dizem: "Você pode mais... " e vejo em seus olhos o quanto são sinceros e acreditam em mim".

BONS TREINOS!!!

7 comentários

  1. Meus parabens, belo record conquistado na garra, aplausos e reverência.
    Belo texto também, muito prazeroso de ler.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela prova e pelo Resultado!

    Tá bom demais! Correr uma prova depois de uma longa viagem e ainda chegando às vésperas, tá bom demais! Chegando com 05 dias de antecedência já é cansativo, pense no que você passou!

    A logomarca da Maratona de Santiago com a letra "A" da palavra Maraton estilizada na forma de um corredor é interessante, bonita e original!

    E o verso da medalha? Posta uma foto para a gente ver!

    Jacke, onde vocês colocaram o chip de cronometragem?
    Estou ampliando as fotos mas vejo nada nos tênis dos corredores?!?!?!

    ResponderExcluir
  3. Vi de perto muitos brasileiro alegres no frio Parabéns!!!!

    ResponderExcluir
  4. Jackeee!!Parabéns Flor!!!Adorei o relato sobre Santiago!! Bjãooo

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Será um grande prazer ler seu comentário!