Half Marathon - Mérida - MX


Logo que decidimos o destino dos 10 dias de férias que eu tinha, pensei: "Será que consigo aproveitar e trazer uma medalha do México?". Nem que fosse uma provinha de 5km eu queria fazer.

Depois de algumas buscas vi que dia 31 de outubro ia acontecer a Rock 'n' Roll - Mérida. Falei com o Lu e ele topou na hora. Fizemos a inscrição por 77 doletas (que doeu muitoooo devido o altíssimo preço do dólar... quase 300 reais considerando todos os impostos).

Essa era a primeira edição que aconteceria em Merida - Yucatán. Essa prova já é conhecida em outros lugares, em especial nos EUA. Porém essa meia maratona seria realizada a noite além festejar o dia dos mortos, que é muito tradicional no México.

Chegamos em Mérida no dia 30, sexta feira... Alugamos um carro em Cancun e fomos dirigindo até lá. Aproximadamente 300 km. Foi uma viagem tranquila, a estrada é relativamente boa, apesar de não ser duplicada.

Chegamos no local onde iríamos nos hospedar e seguimos para o Centro de Convenção Siglo XXI. Os atendentes estavam mascarados de caveirinha katrina... tudo muito bem  organizado !


Retiramos nosso kit com a maior tranquilidade.. O kit era composto por uma camiseta e um squeeze. No final da prova também recebemos a linda medalha em formato de caveira (e ela brilha no escuro!!!, muito amorrrrrr) e uma t-shirt finisher!

Amanheceu o tão esperado dia... acordamos e fomos tomar café numa cafeteria próximo a casa em que estávamos hospedados. Até então não tínhamos conseguido conhecer Mérida, cidade que havíamos ouvido falar muito bem... que era linda, além de ser uma das melhores cidades para se morar no México.

Aquele dia foi um dia "perezoso". Acabamos não saindo para conhecer a cidade. Ficamos o dia todo papeando com o namorado da dona da casa que por sinal era gente finíssima.

A vantagem de não se ficar em hotel é que acabamos conhecendo mais gente.. ainda mais em outro país isso é genial.

O Lu ficou tomando algumas lá com o "Cristian" e eu decidi tirar um cochilo antes da prova. De repente o Lu entra no quarto e eu vejo que já estava super atrasada.

Nos trocamos e fomos para a largada que ficava cerca de 1km de onde estávamos... Apressados pois faltava meia hora para começar a corrida... #SQN



Chegamos no Monumento a la Pátria com mais de uma hora de antecedência... Eu havia esquecido de atualizar o meu relógio que estava com o horário de Cancún.

Então decidimos nos abastecer, já que o calor era muito forte...


Aos poucos o sol foi se pondo e as pessoas iam chegando e enchendo a bonita praça...




A largada foi dada em baterias, conforme o pace indicado no momento da inscrição. Eu e o Lu ficamos na última bateria.

A largada foi sensacional. Muito emocionante... Aliás, eu me emociono muito em qualquer corrida.. Numa dessas então, não tinha como ser diferente.






Falei para o Lu que queria começar e terminar a prova com ele. A ideia era aproveitar todo o percurso, sem se preocupar com o tempo... aliás... a ideia era terminar no tempo limite, apenas.

Fomos num ritmo muito confortável... e apreciando cada passada. Ficamos admirados com a beleza de Mérida. Uma cidade colonial realmente histórica!!!


A cada quilometro uma banda diferente ia tocando. Vários tipos de música... Até samba tinha!!!

Eu queria ter comprado uma bandeira do Brasil para levar na prova, mas acabei esquecendo.. Por sorte tinha uma canga com a bandeira brasileira... e levamos ela mesmo...

Em vários trechos abrimos a nossa bandeira ... e a plateia gritava: Vai Brasil.....


Aquilo arrepiava.. era muito bacana.

O percurso todo havia gente assistindo e incentivando os corredores... isso fazia a prova ser tornar ainda mais gostosa...


Perto do km 10 o Lu começou a falar que estava sentindo muita dor no joelho. Na realidade ele já estava sentindo bem antes, mas só reclamou lá pelo km 10.

Então ele foi alternando o trote com caminhadas rápidas... eu estava bem, no entanto não queria completar a prova sozinha.



Então eu fui correndo num ritmo ainda mais suave... e esperava o Lu me alcançar...

E assim foi até nossa chegada...

Faltando poucos metros para chegada, estendemos a bandeira e uma pessoa que estava assistindo a prova gritou: "7x1". O Lu não aguentou... Olhou para o cara e disse num espanhol claríssimo: "5 vezes campeón mundial"...

Quase 3 horas de prova.... Chegamos felizes, pois valeu cada passada, cada quilometro. E sem dúvida correr ao lado do Lu foi um privilegio muito grande.

A chegada aconteceu no Estadio Salvador Alvarado, com um super show da banda mexicana Café Tacvba.



Recebemos nossa linda medalha... Além do tradicional gatorade e frutas, no final eles estavam servindo pizza para os concluintes da prova!!

Achei o máximo!!!



Dia 31 de outubro de 2015 ganhei minha segunda "medalha internacional!!!" Que venham muitas outras!!! Pois não quero parar nunca mais!

BONS TREINOS!!!

Nenhum comentário

Obrigada pela visita!
Será um grande prazer ler seu comentário!