Meia Maratona de Lisboa

Minha terceira medalha "internacional" aconteceu no último dia 20 de março: Meia Maratona de Lisboa!

Essa corrida foi escolhida "meio ao acaso", mas que sem sombra de dúvida valeu muitooo a pena! Em dezembro do ano passado eu estava combinando com minha amiga espanhola Maria (que vive em Londres) de nos encontrarmos em alguma corrida pelo mundo!

Ela sugeriu a Meia Maratona de Praga. Fui atrás para fazer a inscrição, mas era uma burocracia danada e o valor ia ficar uma fortuna...

Desistimos.

Em seguida ela sugeriu a Meia de Lisboa! Inscrição relativamente barata (paguei 33 euros). AH! Fizemos a inscrição mesmo sem ter certeza de que iria poder ir.

A ideia era participar da prova e encontrá-la para matar a saudade! E engatilhar uma mini férias, além da oportunidade de  conhecer um pedacinho da Europa.

Em janeiro, sem pretensão convidei mais duas amigas para viajar comigo. E não é que deu certo? Tudo se encaixou e elas toparam! Foi então que começou a saga para nossa viagem/corrida.

Camila e Fernanda, me aguentaram por 12 dias!

Confesso que a corrida virou apenas um pretexto... o negócio agora era passear e tomar muito vinho!!!

JANEIRO: Passagens compradas para Portugal e volta pela Espanha .. por um preço camarada dividido em 10 vezes sem juros , hahahahahha. Tudo estava dando certo!

Chegamos em Porto no final do dia 16 de março, uma quarta feira. Até o dia 20 de março passeamos muito e a maioria dos passeios foram a pé. Ou seja, descanso zero para a Meia Maratona. E quem estava preocupada com isso? 

Dia 18 a noite chegamos em Lisboa, exauridas!!

Um amigo meu de Lisboa nos convidou para jantarmos com ele, juntamente com uma turma de amigos. E não ficou apenas no jantar... a coisa se estendeu numa balada que fez com que chegássemos em casa as 5 da manhã mortinhas da Silva. Já que estávamos na chuva, tínhamos que nos molhar!
Jantar com os amigos
Na balada
Isso porque no dia seguinte, véspera da prova ainda teríamos muito o que fazer!

Depois de 3 horinhas de sono eu e a Fernanda levantamos e fomos buscar o kit para a Meia Maratona. Fomos caminhando, cerca de 7km. Sei que era um dia que deveríamos nos poupar, mas assim aproveitaríamos para conhecer um pouco de Lisboa.

Na retirada do kit, tudo muito bem. Retirada rápida, sem maiores problemas.

O problema aconteceu quando chegamos em casa e notamos que no kit não havia os alfinetes para prender o "dorsal na camisola" hehehehe

Mandei uma mensagem para meu ex treinador Wanderlei Oliveira (que também ia correr), perguntando sobre os benditos alfinetes. Aproveitei e comentei que o número de peito nem sequer havia furos. A resposta foi imediata: "Esqueceu que está em Portugal?".

Fui dormir pensando que teria que correr com o número na mão :(

DIA 20

Chegou a Meia Maratona. 
Logo que acordei, sem ainda saber como pregar o número de peito, fui guardar umas coisas na mala e achei um micropore que havia levado. Não tive dúvida, ele salvou minha vida .. foi com ele que colei o número de peito na camiseta.

Lembra-se da Maria (la española) que comentei no começo do post? Pois bem, ela nos encontrou na casa onde estávamos hospedadas e fomos juntas para a largada!

Eu e Maria!

O metro estava lotado. Os corredores tinham a passagem livre para a largada. Achei isso bem bacana. Ponto positivo nesse quesito para a organização.

Saída do Metro 

Porém haviam outros pontos que não foram legais (além do alfinete)...  A largada e a chegada eram em pontos diferentes (até aí ok). O problema era que a prova não dispunha de guarda-volumes. Ou seja, você que se vire!

Com isso tivemos que correr carregando blusas na mão! Mesmo a largada sendo as 10 da manhã, estava bastante frio (que delícia).


E lá vamos nós!

Larguei junto com a Maria e a Camila que também estavam inscritas para os 21k. A Fernanda se inscreveu nos 7km. 

Só largamos juntas, mas cada uma seguiu seu ritmo.

Eu fui sem a menor pretensão de tempo. Não havia treinado absolutamente nada. Minha meta era concluir e não me arrebentar, afinal não queria comprometer o restante das minhas férias.

A largada se deu na ponte 25 de abril! Sem sombras de dúvidas é uma grande emoção passar por ela correndo!


Corri sem olhar para o garmim. Minha única meta era terminar a prova antes do tempo limite 3hrs.. rss

Logo nos primeiros metros já me perdi da Camila e da Maria. Elas foram bem mais rápidas que eu. Eu corri o tempo todo num ritmo bastante confortável e desse forma os 21km passaram e eu mal percebi!

Foram 2h30 correndo e apreciando cada lugar que para mim era tudo novo e lindo! Percurso totalmente plano e tempo super agradável para correr. É uma ótima prova para quem pensa em fazer um bom tempo de corrida. 

Valeu a pena? Muito!! 

E no final da prova além das tradicionais frutas, isotônicos e água a gente ganhava sorvete da kibon!!! hehehehe

Melhor recepção impossível! 
E no pós prova ganhávamos sorvete!
Não tem jeito, como toda prova "especial" finalizar é sempre uma emoção muito grande. Os últimos metros são bem difíceis de chegar, pois controlar o ritmo e as lágrimas é uma tarefa que eu preciso treinar muito!

O prêmio!
Quem venham as próximas !!! Pois de correr eu não paro mais!

BONS TREINOS!!! 

Nenhum comentário

Obrigada pela visita!
Será um grande prazer ler seu comentário!